Mulheres da Argélia entram no livro dos recordes.



Com as mãos ensaboadas, 412 mulheres mostraram do que elas são capazes e colocaram a Argélia no livro Guinness dos recordes ao formar o maior grupo de pessoas a lavar pratos simultaneamente, em Argel.


Esta iniciativa ocorreu no final de um jantar beneficente organizado em Argel por uma marca de produtos de limpeza.
Segundo o Guinness Book, o recorde anteriro foi em 15 de novembro de 2016, quando 300 pessoas fizeram o mesmo nas Filipinas, ação essa também promovida por uma marca de produtos de limpeza, que assim como a galera da Argélia ainda não se ligaram o qual machista pode parecer essa situação.
É um grande feito entrar no Guinness, uma vitória sem tamanho para esse grupo de mulheres, uma conquista que poucos conseguiram até hoje, mas colocar elas pra lavar louça suja me parece tão errado.
É de fato uma vitória ou um retrocesso machista? Estou confuso minha cabeça está em ponto de explodir!
Mas antes que meus miolos estourem tentando compreender a complexidade deste paradoxo, quero deixar claro que o recorde que elas conquistaram foi o de lavar louça em grupo, porque o recorde individual ainda é da senhora minha mãe, não foi oficializado pelo o Guinness, mas eu sei que esse recorde é da minha velhinha e ninguém tira.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário